fbpx

Viver todos os processos








Um dia, um homem observava uma pequena abertura num casulo. Observando-o por várias horas, ele via o modo como o pequeno animal, uma borboleta, se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquela abertura. Para aquele homem ela não fazia progressos fase às suas tentativas. Então decidiu ajudá-la, abrindo o restante casulo com uma tesoura.

A borboleta, então, saiu facilmente. Mas o seu corpo estava murcho, era pequeno e tinha as asas amassadas. O homem continuou a observar a borboleta, porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e se esticassem, prontas para o voo.

Nada aconteceu. Na verdade, a borboleta passou o resto da vida rastejando, com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca fora capaz de voar. O homem não compreendia uma vez que a sua vontade era de ajudar, o casulo era apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura se tratava do modo com fazia para que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas deste modo ela estaria pronta para voar quando estivesse livre do casulo.

Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos nas nossas vida.para conseguir passar todos os processos rumo ao nosso “voo”.