Sobre admirar quem amamos

A admiração é um assombro, um encantamento, um espanto!
Na paixão admira-se sem se compreender o porquê.
No amor, admiramos o outro ‘apesar de’, amamos as qualidades apesar das falhas, os esforços apesar dos erros, a coragem apesar dos medos.
Amamos admirados, de coração emocionado. Amamos perplexos a humanidade do outro, amamos espantados, com olhar de criança e o coração aos pulos. Quando admiramos amamos intensamente.
Estar ao lado de quem admiramos nos dá coragem, nos resgata dos desencantos da vida, do breu das vaidades, nos enche de beleza e força. A admiração é o melhor do outro tocando nosso melhor.
Da admiração nasce o respeito, o desejo de permanência, a vontade de ficar. A admiração é combustível da paixão e base essencial do amor. Por resgatar nossa essência e nossa capacidade de acreditar e querermos ser melhor, a admiração toca a magia, a magia de transformar. Amor assim é alquimia.
Andréa Beheregaray.

1 Comment

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.