fbpx

Reprimir nossas emoções tem um efeito muito prejudicial…

Reprimir nossas emoções tem um efeito muito prejudicial, não apenas na nossa saúde psicológica, mas também na nossa saúde fisiológica.
Reprimir / Tentar não sentir não elimina essas emoções, muito pelo contrário, cria mais stresse aumentando o nosso cortisol e com certeza gerando mais crises de ansiedade.
Vou deixar aqui algumas dicas que vão te ajudar a sentir os teus sentimentos para que ele não cresça tanto dentro de tu.
– Fala com alguém que confias, um terapeuta, um amigo, alguém da sua família que tens confiança, de preferência avise com antecedência “ Preciso de um tempo para desabafar, falar sobre algumas coisas que tenho sentido, podemos agendar para eu partilhar?

”Não tenhas vergonha de falar sobre a tua ansiedade e como te sentes, falar sobre o que te incomoda não demonstra fraqueza, pelo contrário, mostra o quanto tens te sido forte.
– Escreve estas emoções e todos os pensamentos e sentimentos, convém que sejas claro e entres em detalhes.
Faz ao longo de vários dias se possível.
Não tenhas pressa enquanto escreves nem tenha preocupação com erros ortográficos. Esse caderno ficará só para te expressares, se te sentires mais confortável podes rasgar logo de seguida. 
– Permite que os seus sentimentos cheguem, sem fazer de conta que eles existem, as nossas reações automáticas costumam ser para reprimir.
Quando puderes permite dar espaço para sentires o que quer que estejas a sentir. Faz uma pausa, respira e percebe os teus pensamentos e emoções. Com a prática isto vai se tornar muito  mais natural. 
Espero muito que este texto te traga clareza para entenderes que todas as emoções precisam e podem ser sentidas, este é o primeiro passo do autoconhecimento onde vais identificar mágoas, dores, sentimentos que ficaram aí dentro de ti muito tempo…
Permite que os sentimentos venham para que possas ir esvaziando do teu copo emocional que transbordou e potenciou crises de ansiedade…
Não precisas de guardar tudo aí dentro, permite sentir as tuas emoções para que possa liberá-las entendendo que elas não definem quem és.

A tua Coach

Flávia Gouveia