fbpx

Pai – o Meu John

Não existe um curso ou uma lei que defina “agora tens de ser pai”, agora tens um “canudo que te permite ter uma serie de competências onde deves ser Pai.

Ser pai é uma profissão que não existem folgas, feriados, férias de Natal, Carnaval e as longas de Verão.

Estão a 100% a exercer a sua actividade, actividade essa bastante exigente porque não se cinge apenas a uma função.

São Multifunções, são os primeiros a nos acolher nos braços quando na nossa fragilidade de bebés precisamos tanto deles!

E ao longo dos anos mesmo já independente e sem o tecto dele, eu continuo a precisar do meu.

Preciso do sorriso do meu pai porque me alegra a alma.
Preciso dos 300 telefonemas dele para me perguntar a que horas é o voo que vou para a Madeira porque nunca sei as horas que vou.
Preciso do cheiro da fruta que ele com tanto amor e carinho arranja para o meu dia de chegada a Madeira
Preciso do Pão quente que ele vai comprar e deixa em cima da mesa e vai ao meu quarto dizer “filha vai comer” porque vai ficar frio.
Preciso da companhia dele no sofá quando o Benfica joga e ele Reclama 100 vezes do Luisão “filha ele é um autêntico nabo”.
Preciso do Beijinho dele no dia 1 de Janeiro quando estou as cabeçadas de sono porque a noite foi longa…
Preciso da curiosidade dele quando vai ao meu quarto e estou ás gargalhadas com os meus irmãos e ele tenta fazer cara seria porque já é tarde e temos de ir dormir…
Preciso do olhar dele de felicidade quando as portas, do aeroporto das chegadas se abrem…
Preciso do silêncio dele quando o deixo na porta de Partida do aeroporto, ambos estamos com o coração bem apertado e não sabemos o que dizer apenas sai um breve “até já e Força”!

Porque És sempre o meu John <3 Feliz Dia!!!