fbpx

O que é que realmente acredita?

Às vezes é difícil de saber. Podemos acreditar em algo com verdadeira paixão e convicção, e ainda agir completamente diferente. O mais estranho é que podemos nos convencer de que estamos vivendo consistentemente com o que acreditamos e, no entanto, a evidência comportamental, as decisões que tomamos, o tempo e a energia e os recursos que investimos com pessoas e tarefas, podem revelar uma história muito diferente. A nossa capacidade humana de nos enganarmos é incrível. 

Contra este cenário, palavras como integridade, autenticidade e congruência emergem como um forte contraste, representando um desafio poderoso e profundo para quem somos e como nos conduzimos no mundo. Tendemos a pensar nessas palavras como qualidades internas, atributos pessoais.  

Nesse sentido, poderíamos considerar o fenómeno da integridade como tendo dimensões sociais, culturais e pessoais. 
É sobre cada um de nós e sobre os outros, podemos perguntar, quem é melhor modelo de integridade para nós? Se procuramos viver com integridade em todos os aspectos das nossas vidas, qual o impacto e a influência que isso tem sobre aqueles que nos rodeiam? 
Que crenças e valores culturais o nutrem e apoiam? Que condições sociais provocar e o inspiram, muitas vezes contra todas as probabilidades? 
Partilho algumas sugestões importantes a ter em conta:
1. Clarifique as suas crenças e valores: O que mais importa para si? 
2. Partilhe momentos com pessoas que o apoiam e desafiam (o grupo de influência).
3. Modele e faça da integridade o seu comportamento, nos relacionamentos e nas suas decisões. 
Abraço a sua Coach
Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Skype: flaviao.gouveia