fbpx

O Poder do “Não sei”

Quantas vezes já te fizeram perguntas e a resposta que te ocorreu logo de imediato foi “Não sei”.
Durante as minhas sessões de coaching perante algumas perguntas surgem as típicas respostas “Flávia se eu soubesse não estava aqui contigo?!.
Será que realmente não sabem?
A boa noticia é que muitas das respostas que são dadas como “não sei” na verdade sabemos, sabemos que não estamos satisfeitos com o nosso trabalho, sabemos que não estamos satisfeitos com os resultados que estamos a ter com o nosso projecto, sabemos que a nossa relação não está bem.. sabemos que sair de casa dá imenso trabalho… mas…
mas é mais fácil assumir o “Não sei”..
Existem vários motivos que nos levam a dizer “não sei”a maioria deles está relacionada com o medo das consequências de afirmar alto e bom som a nossa resposta. Talvez porque é importante assumir uma mudança, mudança essa bem necessária na nossa vida, talvez porque é muito desagradável o que temos de enfrentar ao assumir a resposta ou talvez seja outra coisa…
Normalmente o que acontece quando não assumimos o que sentimos as emoções que dominam são: o medo, a vergonha a rejeição e acabamos por nos Auto-Sabotar.
No entanto quando assumimos e aceitamos o nosso “eu sei” exploramos a multiplicidade de soluções que surgem para resolver o desafio, permitimos que o novo aconteça, descobrimos novos talentos, voltamos a amar.
Durante um processo de coaching muitas vezes a solução está muito clara mas o grande desafio é de facto o meu cliente criar ferramentas internas para lidar com as consequências. O “João” a primeira vez que me contactou receoso se era realmente o Coaching a melhor abordagem para o desafio dele disse-me que estava “cansado” do trabalho mas “não sabia o que fazer”. Quando tivemos a primeira sessão percebemos, não só que o João sabia o que lhe dava paixão em acordar todos os dias para trabalhar como assumiu o medo face ao julgamento da família.
“Flávia o que é que a minha mulher vai me dizer quando eu assumir que quero me despedir e vou deixar um ordenado de 3.500 para um projecto que não faço ideia como irá correr?!
Conseguem perceber o “não sei do João” inicialmente? Para ele assumir o medo e o risco em ter uma conversa sincera com a mulher era muito forte.
Um dos exercícios que aplico nas minhas sessões é o do helicóptero… imagina um helicóptero a voar sobre o mapa da tua vida. O que sentes ao olhar para os “não sei’s da sua vida?” Quando olhas para baixo com esta nova perspectiva o que respondes agora?
Partilha comigo o teu “Não sei”
Agenda a tua 1º Sessão Gratuita

coachflaviagouveia@gmail.com
Tlmv: 962595029