Mudança de Carreira – 6 Dicas Práticas

Muitos dos meus novos clientes decidem realizar um processo de coaching uma vez que foram várias as tentativas de mudar de carreira e se sentem tão frustrados e oprimidos, pela sua incapacidade de conseguirem a mudança. Frisam que a mudança da sua carreira é uma espécie de beco sem saída a não ser que mudem de direcção na totalidade/mudar de área profissional ou voltar para a Universidade. 

O que comummente  acontece é que a maioria das pessoas vêem a mudança de carreira como uma vaga na empresa X, Y que o amigo trabalha e ganha bem. 
Vou partilhar 7 dicas importantes para que possa pensar na sua mudança de carreira, ir para além de um anúncio num site de emprego.
Durante um processo de coaching de mudança de carreira algo muito presente é o “medo”:
– Será que vou conseguir?
– Terei capacidade para abraçar um projecto totalmente diferente?
Ao mudar as suas crenças desenvolve estratégias mais criativas e pró-activas.
Quando trabalhei como educadora social uma das minhas grandes àreas de intervenção era a empreegabilidade ao perguntar aos formandos o que estavam a fazer para encontrar trabalho a resposta era sempre a mesma, procuravam no jornal Correio da Manhã e consultavam sites de emprego/empresas de trabalho temporário/recrutamento.
A melhor forma para mudar a sua carreira com sucesso, tem mais a ver com estratégias criativas do que qualquer outra coisa. Já dizia Albert Einstein “Insanidade é continuar a fazer a mesma coisa e esperar resultados diferentes”. Por isso se continuar a fazer a mesma coisa terá os mesmos resultados.

As 6 dicas que podem ajuda a Sua Mudança de Carreira


1. Defina o que realmente quer alcançar 

Quer mais estabilidade na vida profissional?
Progressão de Carreira?
Mais estimulação mental?
Uma carreira na linha dos seus valores?
Essa mudança qual é o objectivo central?

Descreva o que quer com essa mudança em 1, 2, 3, 4, 5 anos.
Agora defina as etapas para os próximos 6 meses de modo a conseguir identificar os seus objectivos maiores. Quanto mais especifico for, maior é a sua consciência/acção.

2. Descreva os recursos que tem para conseguir isso.

Contactos, rede de apoio, experiência, capital, tempo, apoio de um parceiro, amigo/familiar.
Descreva os desafios que tem: provavelmente não tem uma rede de apoio ou o seu tempo é muito curto para conseguir gerir tudo. Talvez precise de um apoio profissional/coach ou se juntar a um grupo de empreendedores/sessões de esclarecimento.
Os obstáculos também podem ser relacionados com a sua mente ou os níveis de confiança. Se começar a fazer uma actividade que gosta e ganhar mais confiança, dançar, fazer exercício físico, não só aumenta os níveis de prazer como aumenta a serotonina e melhora a sua auto-imagem e auto-estima

3. Use a sua Rede para aprender primeiro e depois crie oportunidades. 

Linkedin é óptimo, mas recomendo uma combinação saudável de interacção online e offline.
Saia e comece a ouvir e a aprender.
Quem está fazendo o quê?
Através de seus contactos, seus ex-alunos perceba o que lhe atrai mais.
O que eles fazem, o que a empresa faz? Aprenda e use as informações para ajudá-lo a esclarecer onde quer estar.

Saia e conheça pessoas, converse com pessoas, aprenda, mostre às pessoas quem é. Não tenha medo de comunicar e pedir contactos para experiência de trabalho, tertúlias, colóquios, formações, entrevistas etc.

As entrevistas são estratégias fantásticas para conhecer empresas e também obter feedback sobre o que pode melhorar.

4. Desenvolva competências

Faça voluntariado, crie um blog, uma página de facebook, dê uma palestra. 
Quando decidi que ia mudar de carreira e fui fazer a certificação Internacional de Coaching durante as pausas normalmente vinha para a rua com os colegas “fumadores” e aproveitava para os conhecer melhor. Curiosamente ao longo de várias conversas um casal partilhou que estava num grupo que treinava competências de Comunicação em Público e Liderança e fez-se luz no meu cérebro uma vez que sempre quis aprender mais sobre essas áreas. Entrei nos Toastmasters em Maio de 2013 e continuo, tem sido fabuloso não só todos os processos de aprendizagem como os relacionamentos interpessoais. 
Dentro das competências que gostava de desenvolver veja onde pode criar essa oportunidade para si. Quanto maior for o seu leque de competências maior é a sua abertura para a mudança. 
5. Seja Pro-activo
No inicio deste ano uma pessoa próxima disse-me que dentro da sua empresa havia a possibilidade de concorrer para um cargo superior. O maior “receio dele” era se realmente tinha as competências necessárias para assumir tal responsabilidade. Não só concorreu como hoje está extremamente feliz por conseguir estar a aprender algo novo na sua carreira. 
Seja pró-activo a abordar as empresas crie as oportunidades, tenho uma amiga que trabalha numa multinacional bastante conhecida após muitas abordagens à direcção neste momento criaram um cargo novo para a empresa e é dela.

Elimine as barreiras e crie “pontes”.

6. Seja Realista
Quando sabe o que quer alcançar e os passos a dar consegue seguir todo o seu planeamento com foco, e disciplina.
A sua abordagem precisa de ser criativa, dinâmica para marcar a diferença quer durante um processo de recrutamento quer no lançamento de um projecto seu.

Gostava de Mudar de Carreira?
Marque a Sua Sessão Gratuita de Coaching Agora:
Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Skype: flaviao.gouveia

2 Comments

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.