fbpx

Já alguém te convenceu que não eras “capaz” ou que irias ter “muita dificuldade”?

Um menino chega da escola com receio por causa dos TPC’S. E repete: “Os Tpc’s são muito difíceis não vou conseguir fazê-los…
A mãe pergunta: “Como é que podes afirmar isso se ainda nem começaste?”
O menino explica que quando a professora passou o trabalho, ela alertou a turma: “Não esperem fazer o trabalho de casa no domingo. Façam no sábado. É uma tarefa difícil e a última turma não se saiu muito bem. Então é necessário dedicarem um bom tempo de trabalho.
A mãe do menino imediatamente compreendeu que a professora havia influenciado seu filho de uma forma negativa, levando-o a pensar ter dificuldades na realização do trabalho de casa.

Ela também compreendeu que provavelmente o trabalho não era tão difícil quanto o filho imaginava e que poderia facilmente influenciá-lo a mudar as suas expectativas e torná-las mais positivas. Ela disse ao menino: “Para mim tu vais realizar o trabalho com muita facilidade. Tu és bom em assimilar novas informações e em recordares o que aprendeste. Meu palpite é que logo, logo tu vais ter terminado o trabalho e vais aparecer aqui a dizer que foi facílimo.”

É claro que o menino abriu o seu maior sorriso e foi fazer o trabalho de casa. Pouco tempo depois, voltou radiante. “IUPI”, disse ele “tu tinhas razão, mãe”
. Da próxima vez que alguém tentar me convencer que não posso fazer algo, vou lembrar-me do que disseste sobre a minha capacidade de assimilar novas informações e vou dizer a mim mesmo que tu tinhas razão.”
Já alguém te convenceu que não eras “capaz” ou que irias ter “muita dificuldade”?
Agenda a tua 1º sessão
coachflaviagouveia@gmail.com