fbpx

Entre os limites e as possibilidades de Libertação

Quantas coisas já deixaste de fazer porque aprendeste que era em vão?

Um elefante bebé que pertencia a um circo estava preso a uma pesada estaca, o pequeno elefante era muito curioso e cheio de vida. Queria apanhar borboletas, olhar de perto as flores que estavam fora do seu alcance e brincar com as crianças na relva.

A vida era uma aventura que tinha de ser vivida naquele preciso momento.

Deu um salto e começou a puxar a corrente, mas não conseguiu libertar-se.

Todos fomos assim um dia – cheios de vitalidade paixão e determinação. Por perto estava a mãe do elefante bebé. À volta do seu pescoço tinha uma corda muito fina, presa a uma pequena estaca no chão. Se tivesse puxado a corda que ligeiramente ter-se-ia libertado.

Mas não o fez porque aprendeu há muito tempo que teria sido em vão.

Muitos de nós também desistimos, porque acreditamos que não era possível mudarmos as nossas vidas.