fbpx

É na relação com os outros que nos conhecemos.. estar sozinho pode ser uma maneira de fugir..

Gostas de estar sozinho durante longos períodos de tempo?

Estar sozinho durante períodos muito longos de tempo pode ser uma maneira de fugir daquilo que precisa ser analisado. Pode ser quase uma espécie de distracção, que nos impede de encarar o que realmente tem de ser encarado. 
Muitos monges dizem que passaram os melhores anos da sua vida sozinhos, nas montanhas, com apenas um trapinho para lhes tapar o corpo e uma tigela de arroz. 
É muito fácil sentir-se em paz sozinho, no topo de uma montanha, sem nada para fazer a não ser contemplar os próprios pensamentos. Não é difícil ser feliz e livre de stress o dia inteiro, quando se está sozinho, sem ninguém para nos irritar e suscitar problemas profundos. Para mim, o crescimento advém com o contacto com o mundo real. Descobrimos quem somos, enquanto pessoas, na relação com os outros.
Só quando nos encontramos rodeados de outras pessoas é que conhecemos o nosso verdadeiro eu. 
Estar sozinho fechado numa caixa sem mais nada com que te confrontares passas a não conheces o mundo e todos os constrangimentos que advém disso.
É só na relação com outras coisas que nos conhecemos a nós próprios.
É à medida que se vive que surgem os altos e baixos do mundo e aprendemos a reagir de diferentes maneiras. Se alguém te trata mal podes ficar irritado. A raiva que vem à tona é apenas uma oportunidade para sarar uma ferida profunda. Se algo te assusta, é uma oportunidade para aprender mais qualquer coisa sobre ti mesmo e, ao fazê-lo, eleva a tua consciência  ao patamar seguinte. Se um desafio que enfrentas te deixa frustrado, eis mais uma forma de mergulhares dentro de ti e descobrires o que é que precisa de ser fortalecido e melhorado. Compreendes como viver no mundo real, quando sais todos os dias para trabalhar, pagar as contas, basicamente lidar com a condição humana.
Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Skype: flaviao.gouveia