fbpx

A Fragilidade dos Fortes

Um erro comum ao lidarmos com pessoas que consideramos ‘fortes’ é achar que porque são fortes dispensam determinados cuidados. Confundem força com falta de sensibilidade, capacidade de suportar com rudeza, resiliência com ausência de sofrimento. 
Por que afinal acreditamos que pessoas ‘fortes’ aguentam, recuperam mais rápido, seguem em frente, superam, dão a volta por cima. Para os fortes nos  dizemos as coisas ‘sem rodeios’, ‘sem meias-palavras’, sem delicadeza. Para os fortes permitimos deixá-los para trás quando precisam de apoio, afinal possuem ombros fortes…
É verdade que os ‘fortes’ suportam grandes pesos, é verdade também que os fortes dão a volta por cima e seguem em frente apesar das suas dores, as suas marcas e feridas. Isso não significa que não sofram, que não precisem de ajuda, de amparo, de amor.
Porque ninguém é tão frágil que não posso se suportar suas dores sozinho, mas ninguém é tão forte assim que não precise de amor.