fbpx

A dependência emocional é uma armadilha que te faz acreditar que sem essa pessoa jamais poderás ser feliz

As vezes é necessário deixar partir o que já deixou de ser, assumir a perda, viver o luto, abrir espaço na alma para que o novo se manifeste. Quando ficamos tentando dar vida ao que precisa morrer, entramos num estado de sofrimento o Amor não é uma medida do quanto estou disposto a sofrer pelo outro ou do quanto sou capaz de desistir de mim mesmo para deixar o outro mais feliz. Estes comportamentos não trazem felicidade a ninguém, pelo contrário, destrói a autoestima. Porque é tão difícil sair desta relação, mesmo sabendo que é má?

Será que estás dependente emocionalmente? 

A dependência emocional é caracterizada por uma adesão afetiva excessiva de uma pessoa para a outra.

Nós seres humanos, somos sociáveis e precisamos do contato uns com os outros para o nosso bem estar geral. Não há nada de errado nisso. A questão é que ao longo da vida, a dependência que tens das outras pessoas vai mudando conforme a fase da vida a qual te encontras.

Imagina a dependência que tinhas dos teus pais quando eras um bebê em comparação com hoje, o grau de dependência hoje não é o mesmo.

Para que os teus relacionamentos sejam saudáveis, deves adaptar a tua “independência” à fase de vida que te encontras hoje.

A nocividade da dependência disfuncional do outro reside no abandono de si mesmo e da sua autonomia enquanto indivíduo.

As relações devem ser de interdependência e apoio mútuo, NÃO de CODEPENDÊNCIA. 
A dependência emocional é uma armadilha que te faz acreditar que sem essa ou aquela pessoa, jamais poderás ser feliz. Isso é uma  auto-mutilação psicológica, acreditar que a sua felicidade depende do outro e que se o outro se ausentar, ele levará consigo a tua felicidade.

Para que possas te libertar disso exige um trabalho ao nível desenvolvimento da tua autoestima.

Através do autoconhecimento darás os primeiros passos em direção à tua liberdade. Só assim conseguirás identificar as tuas carências para aprenderes a te libertar da dependência emocional.